Sobre a campanha #WelcomingEurope

Como os nossos governos se debatem para lidar com a migração, nós - cidadãos europeus, estudantes, voluntários, famílias, associações e comunidades de todos os credos – decidimos intervir para ajudar.


Mas o nosso direito de ajudar está a ser criminalizado, com europeus sendo presos, multados e intimidados simplesmente por oferecerem ajuda humanitária às pessoas em fuga.


Essa não é a Europa que nós queremos. Juntos reinvindicamos que esses atos sejam encarados pelo que são: refletindo os nossos valores humanos e europeus de comunidade, compaixão e gentileza.


Por esse motivo unimos forças para lançar a primeira iniciativa civil europeia para criar uma "#EuropaAcolhedora" e recuperar nosso direito de prestar auxílio. Através desse mecanismo diretamente democrático, nós podemos pressionar a Comissão e o Parlamento Europeu a responder à nossa demanda se obtivermos 1 milhão de assinaturas.


Justice Icon Vectorial RGW IT SERVICES UI/UX

Ninguém deveria ser processado ou multado por fornecer abrigo ou prestar auxílio humanitário. Nós queremos que a Comissão Europeia impeça esses governos de punirem voluntários.

Safety Icon Vectorial RGW IT SERVICES UI/UX

Todos tem direito à justiça. Queremos que a Comissão imponha normas e regras efetivas em defesa das vítimas de exploração laboral, de crimes e de todas as vitimas de desrespeito aos direitos humanos nas nossas fronteiras.

Solidarity Icon Vectorial RGW IT SERVICES UI/UX

Cidadãos por toda a Europa desejam apadrinhar refugiados para oferecer-lhes um lar e um recomeço. Nós queremos que a Comissão ofereça apoio direto a grupos locais que prestam auxílio a refugiados que tenham recebido vistos.

O contexto e a história dessa iniciativa

ONGs europeias a trabalhar nas áreas da migração e da sociedade civil, coordenadas pelo Migration Policy Group para o Plataforma Europeia de ONGs sobre Asilo e Migração (EPAM, na sigla em inglês), levaram dois anos a preparar uma Iniciativa de Cidadania Europeia, estratégicamente calculada em termos de calendário. Está agora formada um coalição de mais de 170 organizações da sociedade civil de toda a Europa para ir ao encontro das pessoas e transformar a politica migratória da UE.


Hoje, nós, os cidadãos europeus, levantamos as nossas vozes para mudar o discurso sobre migração e construir uma Europa que acolhe os necessitados e reflete os princípios de solidariedade, dignidade e direitos humanos.

O objetivo é recolher 1 milhão de assinaturas e apoio público até fevereiro de 2019 para aprovar politicas migratórias europeias como parte das eleições europeias de 2019. O nossos pedidos concentram-se em patrocinio comunitário, descriminalização da prestação de serviços e apoio e defesa de vitimas de exploração laboral e de abusos de direitos humanos.

O que é uma ICE?

A Iniciativa de Cidadania Europeia (ICE) é o instrumento para democracia direta mais visível e legalmente vinculativo na Europa. Se forem recolhidas num ano 1 milhão de assinaturas de cidadãos da UE de pelo menos sete estados membro, o Parlamento Europeu tem de organizar uma sessão pública e a Comissão Europeia é obrigada a pronunciar-se formalmente sobre a proposta.